Dupla tenta fugir ao ver PM, joga maconha pela janela de carro, mas é presa por tráfico

Homens negociavam o entorpecente no trecho entre a Rodovia Júlio Budiski (SP-501) e a Avenida Miguel Dahma, em Presidente Prudente.

Por G1 Prudente

Tijolos de maconha foram jogados pela janela de carro, em Presidente Prudente (Foto: Polícia Militar/Cedida)

Dois homens foram presos por tráfico de drogas na noite desta terça-feira (4), no trecho entre a Rodovia Júlio Budiski (SP-501) e a Avenida Miguel Dahma, em Presidente Prudente. Segundo informações da Polícia Militar, a dupla tentou fugir ao avistar os policiais, mas foi detida. Um dos indiciados jogou dois tijolos de maconha pela janela de um veículo.

Conforme a PM, durante patrulhamento uma equipe de Força Tática visualizou dois veículos estacionados pela Rodovia Júlio Budinski a Avenida Miguel Dahma, onde os ocupantes de um GM Astra entregavam uma bolsa aos ocupantes de um VW Parati, sendo que tais pessoas, ao avistarem as viaturas da polícia, rapidamente entraram nos carros e fugiram.

O GM Astra foi abordado no km 458,6 da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425) e nada de ilícito foi encontrado com os dois ocupantes, apenas a quantia de R$ 760 em dinheiro. Um homem de 46 anos que estava no carro informou aos militares que o outro ocupante havia pedido para levá-lo de Teodoro Sampaio até Presidente Prudente, onde entregaria uma bolsa para um amigo, segundo a PM.

Em ato contínuo, outra equipe policial abordou o VW Parati na alça de acesso da Rodovia Júlio Budiski (SP-501) com a estrada intermunicipal Arthur Boigues Filho. Durante o acompanhamento os ocupantes do veículo arremessaram dois tijolos de maconha pela janela, que foram recuperados pelos policiais, de acordo com a corporação.

Um dos ocupantes, um rapaz de 19 anos assumiu a propriedade da droga e alegou que havia comprado de um dos homens que estava no GM Astra, morador de Teodoro Sampaio, pela quantia de R$ 1 mil, tendo pago inicialmente R$ 760 e o restante seria pago posteriormente, conforme a PM.

A ocorrência foi registrada na Delegacia Participativa de Polícia Civil, onde o jovem de 19 anos e um dos homens que estava no GM Astra tiveram as prisões ratificadas. Os outros dois envolvidos foram relacionados como testemunhas no caso, segundo a polícia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s