Provas que se repetem

Mas Ele me respondeu: “A Minha graça [Meu favor, benignidade e misericórdia] é tudo o que você precisa [é suficiente contra qualquer perigo e capacita você a suportar a prova corajosamente], pois o Meu poder é mais forte [pleno e completo] quando você está fraco.” Portanto, eu me sinto muito feliz em me gabar das minhas fraquezas, para que assim a proteção do poder de Cristo [o Messias] esteja comigo. 2 Coríntios 12:9, Bíblia Amplificada (em inglês)

Escolhi a versão amplificada para esse texto porque gosto das explicações entre colchetes ao longo do verso. Essa versão dá vida nova a um texto conhecido. Quantas vezes você já se viu enfrentando a mesma prova ou uma prova semelhante, uma após outra? Eu já. Aquela que me vem à mente é a das quatro cirurgias no joelho entre 2007 e 2013. Mais de uma vez, eu me peguei perguntando a Deus: “Por que eu?” “Por que, Senhor, essa prova de fogo tem que acontecer em quatro ocasiões da minha vida?” “Que foi que eu fiz para que uma provação difícil ocorra com tanta frequência e com consequências duradouras e dolorosas?” Parece algo familiar? Acho que muitas de nós descemos pelo caminho da dúvida e do desânimo quando enfrentamos uma prova que parece maior que a vida, e mais ainda quando passamos por uma prova recorrente.

Posso dizer, de verdade, que o verso de hoje tem sido minha bússola através desses anos. Em meio às minhas dúvidas e indagações dirigidas a Deus, essas palavras têm levado minha mente questionadora a esta verdade – Deus me ama. Ele Se importa com o que acontece em minha vida. Ele vê minha dor e luta. E me dará tudo o que for necessário para enfrentar a prova.

Sei que é difícil acreditar nisso quando encaramos situações desafiadoras na vida, especialmente aquelas sobre as quais não temos controle. Parece que Deus Se esqueceu de nós. Que a vida nos derrubou e que não há lugar para onde ir, ninguém para nos ajudar, e ninguém que se importe. No entanto, Deus Se importa. Precisamos apenas encontrar o rumo. Como uma embarcação à deriva no mar, precisamos consultar a bússola da Palavra de Deus e encontrar nossa direção de retorno ao Doador da vida e das forças.

Assim, por meio de cada cirurgia, cada dia doloroso de reabilitação e mesmo agora, ao conviver diariamente com a dor resultante de múltiplas cirurgias nos joelhos, posso dizer com grande convicção: “Deus é a minha força, e a Sua força opera melhor na minha fraqueza.” Aleluia!

Heather-Dawn Small

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s