Corinthians sai à frente de La U com 2 a 0; chilenos quebram pau com a PM

Dassler Marques, Do UOL, em São Paulo

O Corinthians abriu vantagem sobre a Universidad de Chile na Copa Sul-Americana. O time alvinegro venceu por 2 a 0 na Arena Corinthians e pode até eliminar o rival com derrota em Santiago no duelo válido da primeira fase da Copa Sul-Americana.

O primeiro gol corintiano foi marcado por Rodriguinho na reta final do primeiro tempo. Na etapa final, Jadson balançou a rede em chute de fora da área e deu números finais ao confronto marcado por uma briga entre chilenos e brasileiros no setor Sul da Arena Corinthians.

O jogo de volta, que decidirá uma vaga na fase que antecede as oitavas de final, será disputado no dia 10 de maio, em Santiago. Antes, o Corinthians terá decisões no Campeonato Paulista, contra o Botafogo, e na Copa do Brasil, diante do Inter.

Time visitante toma a iniciativa

Apesar de jogar fora de casa, a Universidad de Chile pressionou o Corinthians no primeiro tempo e chegou a ter 70% de posse de bola – ao fim da primeira etapa, os chilenos ficaram com 53%. Um dos pontos fortes do time foi as descidas do atacante Ubilla no lado esquerdo do ataque. Com isso, o lateral Léo Príncipe teve trabalho para detê-lo. O Corinthians balançou a rede aos 40 minutos da primeira etapa e melhorou o desempenho na etapa final.

Briga entre chilenos e corintianos

LÉO PINHEIRO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

 

Torcedores da Universidad de Chile entraram em confronto com corintianos antes e no intervalo do jogo disputado na Arena Corinthians. Os chilenos estavam no setor sul do estádio. Na ação, eles chegaram a arrancar cadeiras e jogar nos brasileiros. A polícia interveio nas duas ocasiões. O reinício do jogo, inclusive, sofreu atraso.

Rodriguinho marca no sacrifício

Daniel Vorley/AGIF

 

O meia corintiano marcou o gol após entrar em campo no sacrifício. Com dores no joelho esquerdo, Rodriguinho ficou fora do último jogo contra o Botafogo, pelas quartas de final do Paulistão, no sábado passado. Na terça-feira, o jogador treinou com uma proteção. Até o gol, o atleta encontrava muitas dificuldades no setor de meio-campo.

Jadson marca o segundo após o retorno

NACHO DOCE/Reuters

 

Atuando com a camisa 10 do Corinthians, o meio-campista marcou o segundo gol após o retorno ao Corinthians – ele já havia feito na semana passada, na vitória por 3 a 1 sobre o Linense. Na partida desta quarta-feira, Jadson marcou após um chute rasteiro e forte da entrada da área.

Cariile põe o time para frente

Apesar de o Corinthians estar vencendo por 2 a 0, o técnico Fábio Carille fez duas trocas ofensivas no time alvinegro. Primeiro, ele colocou o atacante Clayton na vaga de Rodriguinho. Em seguida, Jadson deixou o campo para a entrada do meia-atacante Pedrinho.

Blitz do Corinthians no primeiro gol

Nelson Antoine/AP Photo

 

O primeiro gol do Corinthians foi marcado aos 40 minutos do primeiro tempo, após uma blitz alvinegra. No lance, o volante Gabriel arriscou um chute de fora da área e viu a bola tocar na trave após defesa de Herrera. No rebote, Guilherme Arana completou e viu o goleiro salvar novamente. Por fim, Rodriguinho empurrou para as redes.

Giovanni comparece à Arena

c8smupjwaai4prl

Envolvido na negociação entre Corinthians e Inter pelo meia-atacante Valdívia, Giovanni Augusto foi à Arena Corinthians apoiar o time alvinegro após vetar a transferência. O jogador postou uma foto no Twitter e disse estar ‘fechado’ com o clube paulista.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 x 0 UNIVERSIDAD DE CHILE

Data: 5 de abril de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (horário de Brasília)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Público: 22.661
Renda: R$ 982.780,90
Competição: Copa Sul-Americana
Árbitro: Dario Herrera (Argentina)
Auxiliares: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Ariel Scime (ARG)
Cartões amarelos: Guilherme Arana, Léo Príncipe e Jadson (Corinthians); Castellanos (Universidad de Chile)

Gols: Rodriguinho, aos 40 minutos do primeiro tempo, e Jadson, aos 23 minutos do segundo tempo.

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson (Pedrinho), Rodriguinho (Clayton) e Romero (Camacho); Jô. Treinador: Fábio Carille

UNIVERSIDAD DE CHILE: Herrera; Rodríguez, Vilches, Jara e Schultz; Reyes, Espinoza (Pizarro) e Lorenzetti; Rozas (Ontivero), Ubilla (Castellanos) e Mora. Treinador: Guillermo Hoyos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s